sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Dia Branco

Depois de ouvir meu amigo André cantando essa música, ela não desgruda da minha cabeça:
Dia Branco
(Geraldo Azevedo)

Se você vier

Pro que der e vier
Comigo...


Eu lhe prometo o sol

Se hoje o sol sair
Ou a chuva...


Se a chuva cair

Se você vier
Até onde a gente chegar
Numa praça
Na beira do mar
Num pedaço de qualquer lugar...



Nesse dia branco

Se branco ele for
Esse tanto
Esse canto de amor
Oh! oh! oh...


Se você quiser e vier

Pro que der e vier
Comigo

Estou obcecada. Paro  quieta um segundo e  esses versos me invandem, na voz linda do André. O próprio André, que adora colocar em prática os ensinamentos aprendidos em seu cursinho de psicologia em 20 módulos (rs), diz que a tal da música deve me dizer alguma coisa, ter um significado especial. Será?

Mas que ela é bonita que dói, ah isso é!

Um comentário:

Lia disse...

cursinho de psicologia em 20 módulos..kkkk
Morri de ri!!..

Pode ser viu!!! =)