segunda-feira, 19 de abril de 2010

Concreto e abstrato

A aula era sobre substantivos concretos e abstratos.

Ao contrário do que o senso comum afirma, substantivo abstrato não é aquele que nomeia coisas que não existem ou não podemos ver. Levei um tempão pra entender esse conceito e só peguei mesmo, quando uma professora ensinou: substantivo concreto nomeia coisas “ desenháveis” e os abstratos, coisas impossíveis desenhar.

Logo, fadas, duendes, vampiros são substantivos concretos. Ódio, tesão, solidão, injustiça, medo são abstratos. A gente consegue desenhar, fotografar, pintar alguém solitário,mas a solidão em si não é capturável.

Eis que um menino do sexto ano me diz assim:

- Mas medo é concreto. Eu sinto.

É. Quase que concordo com ele.

Um comentário:

Cíntia Mara disse...

Hmm... Nunca tinha visto essa definição de que concreto é o que dá pra desenhar. Interessante!
Mas o menino não deixa de ter sua parcela de razão.