quinta-feira, 22 de abril de 2010

" Eu vou ser o novo ídolo do Brasil "

Fiquei devendo umas explicações a respeito daquela história de ter me apaixonado pelo Rodrigo Faro. Hum, hã, bem... Ao contrário do que o senso comum afirma, morar no Rio de Janeiro não significa ter mil oportunidades de esbarrar em artista por aí. Ainda mais se a pessoa mora há quilômetros de distância do Leblon, como eu. Logo, meu “ encontro” com o Rodrigo não foi nada casual.Foi mais proposital do que vocês podem imaginar...


Tudo começa e termina num pedido de um amigo. Bem, faço o tipo durona, chata de galocha , reclamona, mas se qualquer pessoa desse mundo, pela qual eu tenha um mínimo de afeto, me disser assim: “ Ah, Ju, por favor!”, já tô fazendo seja lá o que for. Dessa vez, o “ por favor” veio de um amigo muito, muito querido e, por mais que eu estivesse cheia de vergonha, topei a tarefa de ir ao encontro do Rodrigo Faro com ele.

Chega de embromação. Sábado, 17 de abril, às 8h da manhã, eu , Juliana, estava na fila do processo de seleção do programa “ Ídolos”. Pausa para alguns segundos de espanto e surpresa. Não, eu não canto nem mal nem bem. Não, eu não sou uma daquelas pessoas malucas que vão pra tevê pagar mico. Sim, eu acompanho meus amigos em suas doidices.

Quer saber? Foi MUITO maneiro. Gente, me diverti horrores. Tudo começou numa fila grandona( mas bem menor do que eu imaginava), depois sentamos nas cadeirinhas do Engenhão ( estádio de futebol do Botafogo, localizado na Zona Norte do Rio), recebemos uns copinhos d´água e ficamos lá vendo um monte de gente bizarra.Acho que só no carnaval tem mais gente bizarra do que na fila do “ Ídolos”. Gente de todos os tipos: uma mulher vestida de fada, superproduções pretensamente fashions, lentes de contato de todas as cores, cabelos “ inovadores”, exibicionistas, criaturas feias, figurinhas que já se apresentaram na outras edições do programa.São tantas pessoas engraçadas que você nem sabe pra onde olhar...

A espera durou umas seis horas até meu amigo ir pra audição. A produção do programa é muito organizada e simpática. Explicaram pros candidatos como funcionava o processo seletivo. Sabiam que há duas seleções antes daquela fase em que os candidatos se apresentam para o jurados? A primeira seleciona umas 500 pessoas. A seguinte, que ocorreu no dia 18 aqui no RJ, seleciona umas cem pessoas. Só aí os cantores vão pra frente dos jurados famosos.

Nessa primeira seleção, a apresentação ocorre em várias tendas como aquelas de hospital de campanha do Exército. O cara canta uma música,o produtor do programa presta atenção e dá o veredicto. Eu não pude ver essa parte porque os acompanhantes não tiveram acesso ao local das audições. Então, fiquei lá conversando com um menino maneiro que conhecemos na fila e que estava esperando a namorada se apresentar. Uma hora de espera e a gente começou a surtar de tanta ansiedade.

Considerando a quantidade de gente que havia por lá, o negócio é bem rápido e eficiente. Meu amigo não foi aprovado. Não, ele não é um péssimo cantor e só foi lá perder tempo. Nada. Ele canta pra caramba,mas só não faz muito o perfil do programa. Não sei se isso é exatamente uma coisa ruim, se pensarmos nas criaturas bizarras que vimos...rsrsrsrs

Ah, o Rodrigo Faro... Já ia me esquecendo. O Rodrigo gravou a abertura do programa e algumas chamadas com a gente. Funciona assim: ele fala umas frases e os candidatos juntos completam. Gritamos ( eu não tava inscrita,mas gritei também. Quem tá na chuva é pra se molhar...hahahaah) coisas tipo “ Eu vou ser o novo ídolo do Brasil” e “ Ídolos 2010”.

O Rodrigo, como eu já disse, é encantador pessoalmente. Claro que é um trabalho muito bem remunerado,mas ele parece adorar aquilo tudo. Fora que deve ser uma bálsamo pra o ego ouvir centenas de mulheres gritando: “ Gostoso, gostoso”... rsrs

É isso. Existe uma grande chance de vocês localizarem minha cara numa das chamadas do programa. Sou aquela que não canta, não tem estilo, não é bizarra ,mas que berrou mais alto que todo mundo...hahaha

Valeu a pena pra caramba. Fiquei sem voz e absurdamente cansada,mas ganhei uma historinha inusitada pra contar. ;)

5 comentários:

Day disse...

Fiquei chateada por ele não ter ficado, mas dava tudo pra ter visto vocês lá, hein?!
hahahaha

simplesmentemonalisa disse...

Ju, morri de rir da história, eu também tenho tantas historinhas engraçadas.
É, sou louca mesmo, hahahaha.
Beijos

Fernanda disse...

Hahahaha, que maneeeeeiro! Eu morava pertinho do Engenhão, mas nem sabia que as seleções do Ídolos eram feitas lá! :)

Bjoos!

Juliana disse...

Gostaram da história,né? hehe
Fernanda, acho que esse é o primeiro ano em que a seleção foi no Engenhão. No ano em assisti ao programa, a seleção do Rio era no Sambédromo.
Que bom que dessa vez foi no estádio. Imagina

Cíntia Mara disse...

Tenho um amigo que fez audição pro Ídolos ano passado. Eu até já tive vontade de fazer, mas apesar de cantar direitinho (modéstia à parte), não sei se tenho (ou quero ter) a presença de palco e o carisma pra chegar a algum programa de TV.

Você ficou uma hora esperando seu amigo e não levou nem um livrozinho pra passar o tempo? Eu levaria uns três, pra poder escolher de acordo com o humor.

Se você não é bizarra, tem grandes chances de ser reconhecida nas chamadas. Claro, se eu conseguisse ficar mais de meio minuto com os olhos na TV. Nem "a Cris" eu consegui reconhecer naquela propaganda do governo de MG. Imagina você, que só aparece naquelas fotos minúsculas do Orkut :p

Beijo