quinta-feira, 27 de maio de 2010

Filosofia baratinha, baratinha...

Aqueles que vêm aqui me visitar de vez em quando acompanharam a saga em busca do template mais- que- perfeito. Dei uma olhada em vários sites, aceitei de bom grado as sugestões, fuxiquei e revirei esse vasto mundinho dos blogs. Acabou que escolhi, provisoriamente, um template roxinho e fofinho para esse meu bloguinho.

"Ora, Juliana, cadê o drama? Roxo não é uma cor suficientemente bonita para seus padrões cromáticos? Pare de frescura e largue dessa história de ficar caçando layout pra blog. Pensei que esse papo de template tava encerrado"

( o trecho entre parênteses corresponde ao pensamento que está passando pela sua cabeça neste momento, cara e caro colega de blogosfera. sim, eu sou capaz de lê-los, mesmo à distância...rsrsrs)

Se me permitem uma filosofia barata, devo assumir que essa história de template perfeito serve de metaforazinha também barata pra minha vida.Sabe quando você sabe que precisa querer algumas coisa? Mais que saber que precisa, você sente uma urgência, uma ansiedade, uma necessidade de botar a mão na massa, de agir, de fazer qualquer coisa. Daí que nem sempre movimento equivale a produtividade, nem sempre "fazer alguma coisa " resolve o problema.

A gente fica por aí pulando de galho em galho, fazendo um esforço pra gostar seja lá o que for, enchendo a vida de opções, quando , no fundo, não tem certeza de nada. Às vezes, você simplesmente não quer nada, no momento. Ainda não encontrou aquilo que te faz desejar - ou tem medo de querer aquilo que deseja ( mas aí é uma outra história).

Por enquanto, o Fina Flor fica sem template. Fica desse jeito meio "nude", esperando pelo layout que de fato reflita o seu " projeto estético-ideológico" (rsrs).

Por enquanto, a gente fica por aqui , tentando aquietar os anseios que andam meio enlouquecidos, até que o comichão certo, no tempo certo, desperte esse meu querer de moça " fazedoira".
 
P.S.: Não entendeu nada, não? É , nem eu sei se entendi...rsrsrs

Um comentário:

M!riam disse...

Ahhhhhhhh Juuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Eu preferia aquela dança frenética de lay! Estava mais divertido... :(

bjk