sábado, 5 de junho de 2010

Aniversário do tio Zé

Resumão básico:

Churrasco, linguicinha de frango, costelinha de porco, farofa , fanta laranja , huummmm...

Paulo Victor e seus amiguinhos espalhando brinquedos por toda casa, primos adolescentes elucidando as dúvidas acerca do vocabulário dos teenagers, adultos disputando pra saber quem tem  a camisa mais maneira ( e menos falsificada) da seleção.

Tamiris, Juliana e uma motinha que não passa dos 60 km; Juliana e seu pavor incomensurável de garupas de motos; as ladeiras do Jardim Esplanada; um bolo equilibrista; Juliana apertando violentamente a barriga de Tamiris; “ ai, meu Deus, não quero cair!”.

Bolo de coco da Art Pão ( não como bolo,mas esse, só de olhar, dá pra saber que é bom!), salgadinhos, a vó cantando parabéns fora do ritmo, a tia cantando “ Entra na minha casa/ Entra na minha vida...” no lugar do parabéns, os primos morrendo de rir das duas.

Paulo Victor recusando o primeiro pedaço de bolo, o aniversariante cortando pedaços gigantescos do bolo, todo mundo protestando, todo mundo querendo levar bolo pra casa.

Música dos anos 70 e 80, crianças gritando, adultos gritando , “ xi, até parece briga!”, gargalhadas escandalosas e infinitas.

O aniversariante , já mais pra - lá- do –que – pra- cá, abraçando e beijando todo mundo!

Nem sempre a festa termina bem ,mas hoje foi assim mesmo!!!

Obaaaaa!!!

2 comentários:

Lia disse...

Adorei!! Igual as daqui...rsrs

Cíntia Mara disse...

Não sei se eu rio dos "adultos disputando quem tem a camisa mais maneira (e menos falsificada) da seleção", da "Juliana apertando violentamente a barriga de Tamiris" ou da "tia cantando 'Entra na minha casa/Entra na minha vida...' no lugar dos parabéns". Mas sei que essa festa parece ter sido muito boa. E o bolo... Nem comento. Como pode alguém na face da terra não comer bolo? Depois eu que sou a diferente, hunf!