segunda-feira, 26 de julho de 2010

Adultos


Hoje fiz uma boa tentativa para ser um “adulto de verdade”. Sabem como é, “adulto de verdade” recebe os amigos em casa pra almoçar e conversar e não para ver Friends e comer pipoca,né?Três amigos daqueles mais –que – amigos- quase –irmãos vieram aqui almoçar. Meu plano secreto era que eles me livrassem dessa macambuzice que tem me deixado inquieta desde ontem. Amigos- mais- que –amigos- quase- irmãos  são tão eficientes nessa tarefa, ainda que nem percebam...

Então, fiz lasanha (modéstia à parte, ficou bem boa. Eu gostei! =p), comemos sentados à mesa e não na frente da tevê, falamos da vida. A encenação durou umas duas  horas. Lá  pelo meio da tarde, eu já estava tentando fazendo embaixadinhas com uma bola de Paulo Victor, depois tentamos brincar de alerta-cor sentados em nossas cadeirinhas, depois meu amigo ficou subindo e descendo da mureta da varanda,  tudo ao som do Pearl Jam e Paralamas.Até que nos comportamos...

Como é que são os  “adultos de verdade”? Eles existem? Jaqueline e eu estávamos nos perguntando agora há pouco. Eu sei que não sou um deles. Às vezes, me sinto uma fraude. Idade : 26. Maturidade : 12.
Adultos de verdade devem ser aqueles que não ficam por aí citando frases de seriados, não se comparam com personagens de desenhos animados, não ficam catucando  o colega ao lado só porque não aguenta ficar quieto.

Adultos de verdade devem ser aqueles que amam seus empregos incondicionalmente, não sentem vontade de matar o trabalho todo dia de manhã, não guardam chocolate, bala, trakinas no fundo da gaveta. Aliás, adultos de verdade não comem trakinas, não ficam revoltados quando o trakinas de morango acaba.
Adultos de verdade não andam em bandos, não chamam os amigos e a avó por apelidos nonsenses, não abraçam duas vezes o amigo só porque o perfume dele é cheiroso. Adultos de verdade têm só um amigo – O melho amigo -, aquele com quem tomam Martini e trocam informações sobre o mercado financeiro. Adultos de verdade entendem direitinho  o extrato do banco,têm dinheiro na carteira, sempre sabem a data de vencimento do cartão de crédito, sabem pra que serve  um cheque cruzado.

Adultos de verdade não choram porque a convivência em casa anda difícil. Aliás, adultos de verdade moram sozinhos ou são casados com aquele cônjuge chique, elegante e sofisticado.Adultos de verdade não sentem necessidade de se trancar no quarto e ouvir mil e duas vezes a mesma música, não  passam horas lendo Turma da Mônica na internet. Adultos de verdade compram livros como Ulysses , do James Joyce,  e leem; não deixam o livro ficar preto de poeira na estante.

Adultos de verdade não tomam fanta laranja e passam horas às gargalhadas num barzinho da Lapa, não passam o dia dos namorados espiando os prédios  da Oscar Freire, não se espantam porque as pessoas trocam a música bem na hora em que  estão  se acabando de dançar.

A lista das coisas que os adultos não fazem me parece bem grande. Só sei que não tenho ideia do que eles fazem, como eles são , onde se escondem. Só sei que não sou um deles e nem quero ser.

( Mentira! Às vezes, só às vezes, eu quero sim!)

16 comentários:

Annie Adelinne disse...

Amei! Amei! Amei! Amei!!!

(Acho que adultos de verdade também não ficam pulando em frente ao computador repetindo "Amei" quando veem uma coisa que gostam. Devem no máximo coçar o queixo e dizer "Interessante..." hahahahahaha)

Rita disse...

Adultos de verdade não blogam, leem jornal. Eu acho. Ai, coitados, né? ;-)

Bjitos...

Rita

simplesmentemonalisa disse...

Bom eu sou uma adulta de mentira.
Eu e minha melhor amiga Ju falamos sempre que nossos filhos quando crescerem vão olhar pra gente e falar assim: "Mãe vê se cresce!"
Sou feliz assim!
Ju esse texto tá maravilhoso, posso copiar lá no meu blog??? Diz que sim, eu prometo que te dou os créditos!
Beijos

Cíntia Mara disse...

Mona roubou minha idéia!!! Eu queria copiar pro meu blog.

Ops... Acho que adultos de verdade não dão piti na frente do computador porque a amiga pensou em copiar uma coisa antes. Aliás, adultos de verdade não devem copiar nada.

Eu, com certeza, sou uma adulta de mentira. Acho que dos cinco adultos aqui de casa, só minha mãe é de verdade. Acho, hahaha.

Amei o post, Ju. Tanto que tô comentando na segunda sendo que meu dia de comentar é na sexta.

Bjos

Day disse...

Adultos de verdade? E é verdade que se é adulto? Eu não quero, nunca quis, sempre fui das crianças que não têm vontade de trabalhar... que adoram a escola e que se veem ficando lá eternamente... brinquei de boneca até os 15 anos....
Dizem que eu sou porque, no campo idade, preencho com um 2-qualquer coisa. Mas tenho dúvidas.
Vou casar daqui a poco mais de vinte dias, mas a minha impressão é a de que além de marido, vou ter um amiguinho em tempo integral!
Vou comer batata frita, bife, brigadeiro de colher, tomar ovomaltine (porque sou chique) no café da manhã....

Não, não quero ser adulta. Dizem que dou, mas ninguém me perguntou se eu queria. Prefiro continuar aqui nessa meia infância pra sempre. Chorando quando dói, me desmontando de gargalhar quando é divertido, e baabndo nos textos legais que leio em blogs legais...

=)

Beijos, Ju!!
Amei seu texto!

(e me empolguei no comentário... desculpa! hehe x_x)

Day disse...

E me empolguei tanto que o português ficou aqui no meu colo! =P

Luciana Matos disse...

Ju,
Você é o tipo de adulto que todo adulto de verdade gostaria de ser.
bjo!

Vanessa Carneiro disse...

hum... acho que não quero ser uma adulta de verdade não. auhsuhsuhushu amei demais esse texto mas tenho uma pergunta: como se joga alerta-cor?
beiiijos

many disse...

Passo sempre por aqui, mas nunca comento...rsrs.....
mas esse texto eu não resisti....

sabe, não sei quem são esses adultos de verdade....sei que eu não consigo me ver assim.....sou uma criança, uma adolescente, uma jovem, as tres em uma só.....as vezes até tento me fazer de adulta, mas não consigo sustentar o disfarce por mto tempo.....realmente amei o post.....

Fabiane Ariello disse...

Ser adulto é tão chato... ainda bem que sou bem mais criança ainda!! :D

Lia disse...

Ju...que texto lindo!

Eu quero sou adulta de mentira... brinco quando vou trabalhar "Deixar eu por minha fantasia de gente grande..".. rs

Lia disse...

Posso por no meu blog também?bjs

Débora Leite disse...

A-D-0-R-E-I

disse...

Eu tb amei... Legal! Só confirmando que seu uma pseudoadulta...rsrs.

Aline M. Gomes disse...

Eu sabia q nao era adulta coisa nenhuma e que pelo jeito NUNCA vou ser!!!

Fernanda disse...

Que post, Ju! <3 Não tinha lido ainda, vi no blog da Cíntia... ;)