quarta-feira, 21 de julho de 2010

amor em minúscula

Houve uma época em que Jaqueline andava obcecada por um livro chamado Amor em Minúscula. Era Amor em Minúscula pra lá, Amor em Minúscula pra lá.Hoje, num momento " não -tenho -nada -pra -ler- nessa- casa" ( opa! eu nem tenho uma pilha gigantesca de livros que nunca abri. Por falar nisso, acho que vou retomar " Histórias de Cronópios e Famas" ) resolvi baixar o danado do Amor em Minúsculas.

Olha, não sei se é a tradução ou se é implicância minha, mas  ouvir as impressões e considerações da Jackie sobre o livro era muito melhor que lê-lo.

Bem, me deem um desconto. Mal comecei a ler o pobre do romance, então é possível que eu mude radicalmente de ideia e passe AMÁ-LO. Mas juro  que essa sensação de que  esse negócio podia ter sido mais bem escrito  é genuína.

O pior é que o enredo é até interessante, te prende  bastante,mas quando você pensa que a parada vai esquentar, que o " trem" vai pegar no tranco, pluft... o capitulo chegou ao fim.

A propósito: tive a mesma sensação com o novo filme do  Shrek .


Hum, vou voltar ao tal do Amor em Minúsculas...

3 comentários:

Fabiane Ariello disse...

Achei beeem chatinho :(

M!riam disse...

Oi, Juuuuuuuuu

Quanto terminar, conta pra gente! Vou ficar esperando...

Um beijoo

Annie Adelinne disse...

Morro de rir com seus insights haahha