terça-feira, 24 de agosto de 2010

Entressafra



Tenho vontade de dizer umas duas mil e quinhentas coisas aqui,mas  fui atacada por aquela velha síndrome do bicho carpinteiro. Além disso, estou num momento " clone do coelho da Alice", aquele que carrega um relógio enorme e está sempre correndo. Bem, é  isso: imaginem o coelho da Alice sendo mordido por bichos carpinteiros. Essa sou eu no momento! 


Depois, eu volto pra contar dos livros que li esses dias. Ando fazendo a festa na biblioteca da escola. Só gostaria de saber o que a bibliotecária acha de uma certa professora que todo dia leva pra casa um livro infanto-juvenil. Se ela fizer algum comentário sobre meu  gosto um tanto peculiar, já tenho a resposta na ponta da lingua: " Estou lendo títulos como ' Poderosa- a menina que tinha o mundo na mão', ' A Droga da Obediência', 'Meu pai não mora mais aqui' ( ô, livro bonito!") com o objetivo de comentar com  os alunos e incentivá-los a ler". Se ela não acreditar, mostro  o post sobre adultos de verdade e  explico que uma adulta fajutona como eu tem uma queda do tamanho  das Cataratas do Iguaçu por historinhas juvenis.

Por falar em adultos de verdade, parece que meu post causou uma revolução por aí.  Minhas amigas  Vanessa, Cíntia e Annie resolveram se assumir e andam  expondo em seus bloguinhos todas as características que as definem como aquele tipo de pessoa que de grande só tem o tamanho.

Ahhh, pra terminar, devo anunciar para vocês, pessoas que tiveram uma pequena mostra do drama que 0,75 grau de astigmatismo deflagrou em mim, que : " Meus óculos são vermelhos/ Não uso espelho pra me pentear". Péssimo, eu sei, mas é que  uns óculos vermelhos ( só pra constar: um vermelho muuuuuito discreto. Se bobear aquela cor é marrom...  Não confiem na minha capacidade para definir matizes cromáticas! kkk), lindinhos, levíssimos mereciam ser anunciados com alguma pompa e circunstância,né? Bem, se na quinta, dia em que eles chegam, eu ainda for tão apaixonada por eles, faço um post todo especial.

Ahhhh, só pra terminar MERMO, juro , prometo: mais cedo, voltando do trabalho, esbarrei naquele moço bonito, aquele inatingível e mal -humorado, lembram? Então, sintam só a cena: manhã ensolarada e o moço bonito caminhando em minha direção. Caminhou e desviou, claro. E num é que a pessoa tava com a cara amarrada ? Ô, desperdício....

Agora, é sério! Esse post enorme sobre nadica de nada terminou.

Ponto final!

P.S.: Perguntei pra Sil qual é a cor dos  meus óculos afinal? Ela disse assim: “ Olha, Ju, é entre roxo, vinho, mas não é nenhum dos dois. É avermelhado. Se fosse pra comparar com cor de cabelo, eu diria que é acaju”.  Já sei: meus óculos são ruivos! Que nem um cão basset =p


5 comentários:

simplesmentemonalisa disse...

hahahahahahahahhahahahahahahahahahahahahahahahahahahahhahahahahahahhahhaha
Cão basset foi uma ótima descrição da cor dos seus oculos!
Amo esses seus post "sem pé nem cabeça"
Beijoooooooooooooooooooooos

Vanessa Carneiro disse...

poderosa é ÓTIMO, o 2 e o 3 são bns tb, o 4 um pouco chato e o 5 não li... ainda rsrsrs

kkkkkkkk ri demais desse ps.
bj

Fabiane Ariello disse...

Hahahahaha, adorei!
Meus óculos são pink. Pink mesmo. Aí esses dias fui fazer uma matéria num evento de crianças e tinha uma menina de seis anos usando um igualzinho... foi meio constrangedor.
Ô, inclui "Querido Diário Otário" na sua festa! (Autopropaganda cara-de-pau, ativar! Hahahah)
Beijos!

Annie Adelinne disse...

Eu tinha escolhido meus óculos. Não eram marrons, dourados, nem bronze... Era alguma coisa misturando os três.

Daí quando fui deixar a receita tinha acabado. Só tinha preto. Ficou o preto, mesmo... Não consegui de gostar de nenhum outro :/

Cíntia Mara disse...

Hmm... Algumas de suas amiguinhas, não tem nem o tamanho, né? Eu tenho saltos de gente grande, kkkk.
Agora fiquei pensando, o que será que os vendedores da Saraiva pensam quando me vêem toda encantada no setor de juvenis, hein?

Óculos ruivos? Hahahaha, essa foi boa. Mas nem posso falar nada, eu comparo tudo com cor de esmalte.