segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Delicadezas


 Será que é indelicado mostrar pros outros coisas boas que escrevem pra gente?

 Se for, me autodesculpo pela indelicadeza. É que a doente nem sou eu, mas é bom quando cuidam um pouquinho da gente:

" (...)você no meio disso, imposição, paraquedas, sabe lá, mas no fundo não importa muito. importa mesmo esse amor que você leva por dentro, esse amor que te faz necessariamente frágil – porque é preciso ser frágil e sensível pra gente se colocar no lugar do outro e desejar que tudo mude – e ao mesmo tempo te dá forças pra seguir, te dá a paz pra colocar a cabeça no lugar."


Recebi um outro afago, mas não dá pra colocar aqui porque já comi. Nunca pensei que um sanduíche de atum me faria tão menos assustada e infeliz.



2 comentários:

Elaine Gaspareto disse...

Olá finalista da Blogagem coletiva O melhor de mim!

Devido a um bug no formulário de votação infelizmente tive que modificar o modo como a mesma vinha sendo realizada. Peço imensas desculpas e quero informar que recomeçamos a votação do zero.

E para evitar que o transtorno ocorra novamente desta vez a votação será através dos comentários. Peço desculpas mais uma vez e desejo boa sorte na retomada das votações.

PS: Miperdoa por não ter previsto que poderia dar erro? Se puder, avise seus leitores.



Obrigada…

Luciana Matos disse...

Imagina se é indelicado! É uma delicadeza só mostrar a importância que os afagos teem na sua vida!
beeeijo da Lu