segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Rubem Alves aos pedaços

"(...) posso me entregar ao prazer de ler os livros  à maneira canina. Nenhum cachorro abocanha a comida. Primeiro ele cheira. Se o nariz não disser " sim", ele não come. Faço o mesmo com os livros.

(...)

Ler é um ritual antropofágico.  A antropofagia não se fazia por razões alimentares. Fazia-se por razões mágicas. Cada livro é um sacramento. Cada leitura um ritual mágico.

(...)Assim fui aos livros com a pergunta: " Você me ama?" ( Acha que estou louco. É Roland Barthes que declara que o texto tem de dar provas de que me deseja Há muitos livros que dão provas de que me odeiam. Outros me ignoram totalmente, nada querem de mim...)"


( excerto do maravilhoso livro Educação dos Sentidos)

2 comentários:

amanda disse...

tenho aquele livro "100 melhores contos brasileiros do seculo" e tem uns desse rubem alves la.
gostei do que li.
:)

Annie Adelinne disse...

Well, again.. amo tudo o que ele escreve sobre educação. Mesmo não sendo eu educadora, faço parte, afinal, eu sou uma estudante (eternamente hahaha).