segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Só mais um pedacinho, vai:

" O olhar pode revelar amor ou morte. Mas o olhar exige distância pra ver. O olhar não toca. (...) O olhar promete, anuncia o carinho ou soco. Mas o olhar não é carinho nem soco. Carinho e soco são entidades do tato.

(..)

A voz não basta. (...) A voz sozinha não  pode cumprir suas promessas. A voz não pode perfurar o corpo. O tato acontece quando o corpo da pele. (...) A pele é lugar de tantas alegrias."


( outros excertos de Educação dos Sentidos, do Rubem Alves)

2 comentários:

Teresa Cristina disse...

Olá Ju!! Primeiro quero agradecer sua visita e comentário no Acolher com amor. E agora dizer que adorei o fina flor. sigo-te. Bjus e ótima semana.

Annie Adelinne disse...

Juro que li 'alergias' hahahaha

Ta, eu sei que não era pra ser engraçado. Rubem Alves é ótimo. Uma hora dessas vou ler de novo. (Ai, Senhor... eu e minha vida atribulada de leitora!!)