quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Não fuja da raia,não!

O que a gente faz quando percebe que está fugindo de algo,assim, de propósito?

Claro que até agora  a desculpa tem sido esquecimento, cansaço, relógio que não despertou, mas  a verdade é que você tá evitando simplesmente um troço que  vai te obrigar a dar um jeito no que está bagunçado.

Alternativas: vai ou não vai?

Vai, né? Na marra, mas vai...

Tô indo!

Um comentário: