quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Querido Papai Noel,



Cancele aquela imensa lista que lhe enviei. A partir de hoje, desse instantezinho, quero que me mande de presente todos os livros da Inês Pedrosa. Pode encaixotar e mandar um de seus ajudantes me entregar quaisquer das coisas que essa mulher tenha escrito. Estarei sentada no quintal de casa, com um copão de Nescau gelado na mão, esperando que as palavras dessa escritora caiam no meu colo e eu me afogue enlouqecida e prazerosamente nelas.

Assim que meus presentes chegarem, lerei cada um deles vagarosamente, em voz alta,  desfrutando da beleza e dos efeitos que as palavras neles impressas provocam na minha língua, nos meus ouvidos, em mim.  Livre dos prazos e da necessidade de consultar cada palavrinha desconhecida, vou me refestelar nos escritos da Inês e repetir vezes sem fim os parágrafos mais lindamente engendrados.

Papai Noel, se for possível,  traga a Inês aqui em casa, só por um segundinho, para que eu possa lhe dar um beslicão. É, vou beliscar a Inês, porque só consigo comunicar meus sentimentos violenta e dramticamente  e não vejo mais nada adequado a se fazer com alguém que me fez chorar por três dias quase inteiros do que beliscar.

E que fique claro, Papai Noel, minhas lágrimas nada têm a ver com os meus lamentos pré-natalinos que o pessoal do Fina Flor já conhece. Nada disso. Chorei de  os óculos  tortos de embaçarem porque  as coisas bonitas do mundo fazem a gente chorar; não tem jeito.

As palavras da Inês se encaixam nessa categoria,viu!

Tô te esperando,hein, Noel!

Ju

6 comentários:

Fabiane Ariello disse...

Ela é a melhor, né? Tenho todos os livros e já reli cada um pelo menos três vezes. Inês Pedrosa é amor.

disse...

Eu, ao contrário, nem sabia quem ela era antes desse seu post. rs Mas livro é sempre bom. =)

Palavras Vagabundas disse...

Ju, eu nunca li tudo que gostaria e sempre me aparecem com novidade!
Não conheço essa autora vou procurar estou numa campanha (solitária) de divugar mais os autores nacionais.
bjs
Jussara

Palavras Vagabundas disse...

Ju,a pressa é inimiga da perfeição e autora citada por você é portuguesa e a burrinha aqui escreveu como se ela fosse brasileira. E minha campanha é também para autores em língua portuguesa, já to lendo inclusive alguns autores angolanos.
bjs

Cíntia Mara disse...

Inês Pedrosa... Acho que já li alguma coisa dela, mas não lembro o que.

Juliana disse...

Jussara, eu vi o primeiro comentário e já ia dizer: nãooo, ju, Inês é portuguesa. Leia algum dos livros dela, leia!

Leiam, pessoal!


Fabi, muito amor,né? Aff!