quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Bones

Estou na dúvida aqui: não sei se falo do livro da Inês Pedrosa que comecei a ler ou conto como foi que me tornei  um enorme osso para cachorro morder.  Não, não vou falar mais de livros que não terminei de ler ainda. Falemos de ossos, então!

Quem já me viu de perto jamais imaginaria que eu poderia algum dia na vida desempenhar a função de osso para cachorro, porque, afinal, meu esqueleto está longe de ser a parte mais visível do meu corpo. No entanto, Spock parece não se importar muito com  a camada de gordura que recobre a minha perna. O grande prazer da vida dele é fincar seus dentinhos no meu tornozelo, lamber  os dedinhos do meu pé e me cheirar. Começo a desconfiar de que  minha perna tem alguma semelhança com  um pernil . Será? Será , meu Deus, que eu exalo o doce perfume de leitãozinho assado? Serááááá?

Até 3 de janeiro,  minha casa contabilizava 3 moradores. Fui  viajar e voltei com essa certeza em mente, mas eis que  ao botar os pés em casa me deparo com uma novidade:  coloco as malas no corredor, tiro os meus sapatos e ... ops! Que focinho é aquele que está aparecendo por debaixo da porta do banheiro? Pois é, eu tinha me esquecido de que Spock um dia teria de largar o aconchego do lar dos seus pais e viria morar no meu banheiro. Sim, Spock acha que aquele cantinho debaixo do armarinho do banheiro é a casa dele. Daí se você fecha a porta pra tomar banho em paz, tem de aturar um choramingo agudo que parece que vai furar os tímpanos.


Certo, vocês ,que tão aí acompanhando com extremo interesse esse meu relato, devem estar se perguntando por que diabos  não colocamos esse cachorrinho para morar no quintal. Ok, darei a vocês a mesma justificativa que a minha vó me deu: é que , no quintal,  Spock corre o risco de ser comido ( sim, COMIDO, DEVORADO, MASTIGADO) pelos gatos da vizinhança que pulam o muro de casa. Puxa, depois dessa, até vocês tão  com medo desses gatos canibais,né? Se não estão, deveriam! Eu não saio mais no quintal à noite,não! 

Ahhh, outra coisa, vocês  também tão aí se perguntando por que diabos um lindo filhotinho  foi batizado de Spock? Não c-r-e-i-o, pessoas sem cultura pop! Não, eu não entendo como é que tanta gente  me pergunta de onde minha mãe tirou esse nomezinho fofo pro nosso bichinho. Não entendo como é que uma pessoa não usa " vida longa e próspera " como um modo simpático de cumprimentar amigos! NÃO ENTENDO! =p

Bem, Spock  não foi a nossa primeira alternativa. Minha mãe cismou que  o cachorro deveria se chamar Sr. Fredericksen. Isso mesmo! " Senhor" seria parte do nome e não seria permitido  usar apelidinhos, mas um raio de sensatez caiu na cabeça da minha sensata mãe e ela percebeu que   até o cachorro teria dificuldades pra atender a um nome desses. Daí surgiu uma lista gigante de nomes ( todos ligados à cultura pop, diga-se de passagem, porque  aqui em casa somos muito eruditas,né? Cês acreditam que minha mãe vetou  " Chandler", alegando que  não queria que o cahorro fosse bobo que nem o Chandler verdadeiro. Absurdo que minha própria mãe não veja a menor graça em Friends!) e Spock acabou vencendo. Ahhh, claro que nosso novo morador precisava de um sobrenome, então eu recorri a um outro ícone da cultura pop  pelo qual meu coração acelera desarvoradamente e  Spock passou  a ser  oficialmente Spock Mulder. ( Para sua segurança, é melhor nem ousar  perguntar quem é Mulder, por favor, hein?).

( E com vocês o Sr. Spock Mulder. Apenas Spock para os íntimos. Ou " Cachorro Perturbado e Babão" para os íntimos que não acham tão divertido receber mordidinhas e lambidinhas o dia todo.)

Mas sabe o que dói no coração?  Depois de tanta pesquisa pra encontrar o nome perfeito, Spock é constantemente chamado de Spike, Strong, Estronda, Pipoca ( minha vó adotou esse último) e o danado do cachorrinho atende a qualquer um desses nomes e corre com o rabinho empinado em direção  à canela de quem o chamou.

8 comentários:

Amanda disse...

Ahahaha! Adorei sua avo!

Luciana Matos disse...

Hahahahahaha
O cachorro lá da casa da minha mãe se chama Mailow(O do máscara) mas acho que a única pessoa que chama pelo nome certo sou eu, já chamaram o cachorro até de máicon! kkkk

Pois é né Ju, Búzios é um sonho!
A única coisa que eu tiraria de lá é a Playboyzada (masculina e feminina! hehehe)
beijões!

Ministério da saúde disse...

Olá Blogueiro,

As enchentes fizeram centenas de vítimas nos últimos dias. Para impedir que a situação se agrave é preciso que os sobreviventes saibam como lidar com esta realidade e tomar as medidas de prevenção necessárias para evitar doenças graves. E você, blogueiro, pode ser nosso parceiro nessa divulgação e nos ajudar a salvar vidas. Caso queira participar desta ação, entre em contato com ocomunicacao@saude.gov.br que enviaremos o material necessário.

Palavras Vagabundas disse...

Adorei,
Spock é um cachorro muito sábio, vai logo na canela, rs
bjs
Jussara

Felipe Fagundes disse...

kkkkkkk
Me diverti muito lendo esse post, adorei seu jeito de escrever.

Eu já tive uma queda por cachorros mas agora nem tanto.
Aqui foi uma luta para por nome no meu primeiro cachorro, quem ganhou foi "Billy", que na época era o Power Ranger Azul. Nem pensamos em por um sobrenome pop, acabou ficando "Billy Fagundes" mesmo :)

PS: Fui na Wikipédia verificar quem era Mulder rs
PS2: Sua avó deve ser muito legal.

Juliana disse...

Amanda, minha vó é uma figurinha! Ela fala umas coisas ...

Lu, eu fiquei rindo do cachorro sendo chamado de Maicon. Ah, búziossss!

Jussara, mais que sabido, ele é afoito. O bicho sofre de hiperatividade.

Felipe, quanta honra! E aí, vc é ou não o meu fake? hehehehehe

Fagundes é sobrenome de ator famoso,ué! Seu cachorro era ultracool. hehehe

Laís Doce disse...

Ai meu Deus que dilicinhaaaaaaaaa!! Filhote é td de bom!! Sou suspeita de falar sobre cachorros! AMOOOOOOOOOOO D++++++++++++++++!!
E eu entendo sua avó..é q ele é filhote ainda..e já vi gato matar filhote! Tadinhosss!!!

Vanessa Carneiro disse...

Quando vi o título desse post pensei que vc ia falar do seriado da fox =p uahsuahs