domingo, 16 de janeiro de 2011

No para-choque do meu caminhão

Peço licença à Luciana para " furtar" descaradamente  o título de uma sessão do blog dela e pendurar frasezinhas no para-choque do meu caminhãozinho imaginário.



""O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem."


(G.R.)


Acho que esse G.R. aí é o Rosa. Não tenho certeza absoluta  porque esse trechinho foi roubado do perfil de um amigo que é o mestre das citações perfeitas.

***

"E me vi reinventando sentidos e significados. Afinal: trabalho sem paixão é obrigação; amor sem paixão é costume; família sem paixão é tolerância; estudo sem paixão é repetição; saúde sem paixão é sobrevivência; por fim, ano novo sem paixão é nostalgia de ano velho."

Foi a Sil quem escreveu e eu assino embaixo. Alíás, eu endosso sempre  tudo, tudo  que a Silvaneca diz.


6 comentários:

andré disse...

adorei a citação da silvana - uma sensibilidade que vou guardar como mantra para este ano.

Borboletas nos Olhos disse...

É o Rosa sim, querida e está na minha lista de citações preferidas de todos todos todos os tempos. Bjs

Lia disse...

Adorei Ju!!

A Sil mandou super bem! Adorei :)

Palavras Vagabundas disse...

Gosto muuuito da citação de Guimarães Rosa.
abs
Jussara

Anônimo disse...

quello che stavo cercando, grazie

Luciana Matos disse...

Mas Ju, cada um de nós tem um caminhão!
Adorei!