terça-feira, 18 de janeiro de 2011

" Um amor que empinou em lírica"

Adoro sair por aí contando meus sonhos. Pesadelos bizarros, psicodélicos, enlouquecidos sempre  aparecem na minha cabeça,enquanto durmo e quase nunca os esqueço.

Mas acontece de, às vezes, eu sonhar bonito e não é que andaram aproveitando um dos meus sonhos poéticos pra fazer poesia de verdade.

Eu leio um blog fofo  faz teeempo, mas acho que nunca comentei. Daí que um belo dia a Juju apareceu por aqui, não sei bem como e  já chegou se apropriando do meu sonhos sobre rabiolas e poemas e  escrevendo esse conto bonito:

UM AMOR QUE EMPINOU EM LÍRICA


 (...)"


Agora vão lá no blog da minha xará e leiam o conto todinho, vão!

4 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Ah! uma menina-mulher inspiradora...vou lá ler. Beijos!

Rita disse...

Olha, que luxo isso..

Juju Balangandan disse...

Xará,
Não vejo a hora de ler mais relatos de seus sonhos bonitos, eu os aproveito para sonhar acordada.
Beijoca,

Juliana disse...

Estou muito chique ,né, meninas?

ô, xará, meus sonhos não costumam ser tão fofos,ão? hehe