sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011


Sentada no silêncio, fecho os olhos e me sinto macia e inútil, como se eu fosse um daqueles sorvetes de chocolate com casca dura. Iludida.

Por conta da configuração do céu na tarde em que nasci, sou assim: inútil e macia.

Se eu abrir meu olhos  agora, não vou chorar. Não vou. 

Eu não sei me sentir infeliz com elegância, mas tento.

4 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Sabe aquela cançãozinha infantil: se essa rua, se essa rua fosse minha...pois bem, eu hoje canto assim: se esse post, se esse post fosse meu, eu mandava, emandava emoldurar...

ME-NI-NA! Que coisa mais linda. Dá vontade de abrir os pulsos, ai ai ai.

M!riam disse...

Ninguém parecido com um sorvetes de chocolate com casca dura pode se inútil! No mínimo tem de ser doce e deliciosamente reconfortante!

Um beijoo

Borboletas nos Olhos disse...

Eiê, as flores estão vermelhas, que lindas!

Day. disse...

Gostei das tulipas vermelhas, mas não gostei dessa tristeza...
Se desse pra tirar com as mãos...

Fica bem, pessoa fofa!