quinta-feira, 24 de março de 2011

O Rei

As minhas lembranças mais antigas envolvem uma vitrola verde e  um LP desse senhor aí do vídeo. E num  é que hoje acordei cantando essa daqui:




Essa é pra quando as festas juninas chegarem:




E, pra terminar, quem acha que Asa Branca não é  pura poesia certamente é ruim da cabeça:


Essa versão exibida no  Fantástico tem a minha querida, amada, pra sempre linda Clara Nunes.

Tô arrepiada aqui.

5 comentários:

Valéria Russo disse...

JU...
sempre é bom relembrar o velho lua..
e clara é maravilhosa, faz muita falta no cenário músical.
adorei o post.
tenha um lindo fds.
bjuivos no coração.

Borboletas nos Olhos disse...

Tô arrepiada aqui.(2)

Long Haired Lady disse...

como boa paraibana desde pequeninha cantava: paraiba mulher macho sim senhor!

sou de um tempo que forró era isso e tocava mais no sao joao ...

Cíntia Mara disse...

Asa Branca é pura física, com a parodiazinha que meu professor do cursinho cantava pra galera decorar i = Q/t
*sai correndo pra não apanhar*

Luciana Matos disse...

Juuuuuuuu

Eu morro de amores por Gonzagão!!!!!

Adorei a seleção!

Beijos enooooormes!