domingo, 26 de junho de 2011

Aos 27

Ontem, por essas horas, parei na frente do espelho e não gostei do vestido que escolhi com tanto cuidado. Ele ainda era vermelho-quase-marrom, ainda tinha mangas estilo princesa, ainda era tão lindo, mas não rolou. Não sei explicar o porquê, porém não rolou. Vai ver que o espelho de casa é mais honesto que aquele pendurado no provador da loja. Daí, eu fui lá no armário, busquei um outro que já havia sido usado uma vezinha antes e fui tomar vinho gostoooooooso e ouvir uma banda escandalosa tocar músicas de que não gosto mas que fazem meus amigos acharem que o Rock in Rio já começou.

Desistir do vestido especialmente comprado pra noite de aniversário e recorrer àquele que eu já sabia que  funcionava devem ser  a prova de que , sim, eu fiz 27.

Isso e os três risquinhos que aparecem no canto do meu olho esquerdo em TODAS as fotos que tirei. Próximo investimento: botox. Ou fotoshop ( é assim que se escreve?)




4 comentários:

Felipe Fagundes disse...

Parabéns, Ju!
Seus textos são ótimos e estão ficando cada vez melhores.

PS: A história dos 3 risquinhos foi ótima :P
PS2: É Photoshop ;)

Cor de Rosa e Carvão disse...

Guria, eu adorova meus 20 e poucos anos. Aproveita que são idades lindas. E esquece os 3 risquinhos, senão tu poderá querer desistir dos "inta".

Aqui na minha terra tem uma musiquinha: "Parabéns! Parabéns! Saúde, felicidades! Que tu colhas, sempre todo dia, paz e alegria na lavoura da amizade".

Beijos

P.S.: Força na peruca na hora da dieta. Cada caso é um caso. O meu é desesperador!

juliana g. disse...

Ahhhhhhhhhhhh FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!!!!!! =D

Cíntia Mara disse...

Vixe, esse post tá muito melancólico pra quem adora fazer aniversário.
De qualquer forma, parabéns atrasado.

Beijos