terça-feira, 5 de julho de 2011

Brincando de (não) resenhar

Tenho contas a prestar,né? Cumpri muito  "meia-bocamente" o autodesafio literário de junho. Muito " meia- bocamente" mesmo. O livro que li foi comprado por livre e espontânea vontade ( por uma pechincha, obviamente) na feirinha  que costumar rodar o Rio de Janeiro, na qual já  fiz meus melhores negócios literários. Comprei A Casa do Sono porque li em algum lugar que era um bom livro. Não consigo lembrar onde li a tal da crítica positiva, mas sei que deve ter sido uma opinião muito impactante porque ficou gravada aqui em algum lugar da minha cabeça. Pois bem, comecei a ler o tal o A Casa do Sono há mil anos e larguei. 500 anos depois, tentei novamente e larguei. Daí só voltei ao livro agora por causa do meu autodesafio e  ... Frustração define.

Minha intenção inicial era dizer: " ó, povo, eu li, mas num intindi nada" , só que aí vocês iam ficar achando que eu sou lesadinha, então vou ser mais específica. Li - NA MARRA-, saquei qual é a do livro, MAS... Bem, tô aqui em dúvida: será que o livro é só isso mesmo ou estou naquela crise de " não é o livro mais perfeito do mundo, então nem quero saber dele. "?  Não sei se vocês são assim ,mas eu sou. Um livro pra me conquistar tem que me dar a sensação de que  AQUELE é o livro definitivo, que nunca mais lerei um outro livro na vida. Obviamente que essa sensação  costuma durar  uns dias  - ou no máximo  uns meses- porque senão eu ainda estaria por aí na vida , tentando fazer o Jogo do Contente até hoje . Mas tem que dar  tesão ,né? Tem que te fazer querer carregá-lo por toda parte, tem que te fazer querer comprar um exemplar pra cada amigo, tem que... tem que...

Bem, mas voltando, é isso: eu li o livro, eu entendi o livro, existe gente que amou o livro ( ô, leiam o post desse moço aqui. Tem resumo e uma opinião apaixonada. Leiam MESMO!), mas eu não amei nem gostei nem teria terminado de ler se não fosse esse maldito autodesafio literário. 

Por favor, onde se compram disciplina e  determinação? Preciso pra esse autodesafio e pra vida - especialmente na hora de tomar banho. Vou mandar um e-mail  pra São Pedro, explicando que  moro no Rio de Janeiro e não dentro de um grande freezer da Brastemp.


P.S.: Eu queria mesmo é falar  dos livros que ganhei de presente de aniversário. Minha estante nova tá mais gordinha.
Eu queria mesmo é falar dos meus boxes novinhos de Arquivo X. Ah, gente, por que vocês não assistem a Arquivo X? Se vocês assistissem, eu poderia fazer um post inteiro dedicado aos efeitos que desmitificação de um caçador de alienígenas teve em mim. Tá vendo? Se vocês assistissem  a Arquivo X, teriam entendido o que acabei de dizer e eu teria assunto pra uns dez posts... =p 

P.S.2: Tenho a impressão de que essa não -resenha tá muito curta e grosso pros padrões Fina Flor de qualidade, mas povo, eu juro que tentei. Ju-ro! Juro de coração  =P  

6 comentários:

Luciana Nepomuceno disse...

estou esperando a lista :P

E escreve sobre arquivo X, mesmo sem entender lhufas eu vou amar, rs.

Felipe Fagundes disse...

O mundo inteiro quer encontrar essa feirinha! Eles deveriam ter um site pra gente ficar sabendo onde está a bendita!

Nossa, vc é MUITO exigente com seus livros, tadinhos. Não tem como dar uma nota de 0 a 10, tipo um 8 e ficar satisfeita?
Se eu fosse ler meus livros esperando que eles fossem a melhor coisa que já escreveram no último século eu ia detestar qs todos, ainda mais ultimamente que alguns já não estão me agradando!

Ih, nunca vi Arquivo X, mas fala aí, vai que a gente se anima?

Lia disse...

kkkkkkkkkkkk ri mt com esse post!!
Ju... fale de arquivo X, fale... de Friends tbm!!!

Fiquei curiosa pra saber quais livros ganhou... a proposito este ano, vc nao fez um post falando sobre seus presentes... hehe

Palavras Vagabundas disse...

Ju,
"todo mundo leu e amou e eu detestei" essa frase é quase um mantra na minha vida. Não procuro o livro definitivo, mas ao menos ele precisa me depertar alguma coisa, nunca tédio ou raiva.
Li a sinopse e a opinião que você indicou, eu sei que sou chata para caramba, mas pelo que a pessoa escreveu eu não leria, outro dia vi uma frase que vou passar a usar:
o livro não vale nem R$5,00. Ok,pode valer mais que isso para muita gente, mas para você não valeu!
bjs
Jussara

Aline M. Gomes disse...

Fala sério! Com um título desses nem eu que sou Leitora Compulsiva conseguiria hahahaha #piadafail

Eu sei muito bem o que é vc forçar um "relacionamento" com um livro, é que nem vida real, na marra não rola, né?

Minha pedrinha no sapato é o tal Memórias Póstumas de Brás Cubas, perdi as contas de quantas vezes comecei a ler e parei, e olha que amei Dom Casmurro.

Oo eu via Arquivo X qdo passava na Record kkkkkk Claro que pra entender ou pelo menos tentar eu teria que ver tudo outra vez (oi?)

bjos

juliana g. disse...

eu assisto arquivo x.
por mim, já pode começar a falar =D