sábado, 16 de julho de 2011

Fina Sintonia

Amizade é saber telefone de cor.

É ter mesa cativa na praça de alimentação do shopping,  ter bar favorito (onde se come a melhor empada do mundo),comer podrão de madrugada, tomar vinho em copo de geleia.

É dar pão com mortadela de presente de aniversário, dirigir à noite na estrada tortuosa e escura  que leva até Búzios, chegar sem  ser convidado, querer passar a lua-de -mel num supermercado.

É criticar a foto do novo namorado alheio, compartilhar pão "craquelado", abraçar em grupo, pular em grupo, ver o sol nascer em Copa depois do Reveillon.

É mandar e-mail e receber como resposta " eu estava pensando nisso essa semana", ouvir " eu entendo perfeitamente o que você tá passando", dizer " E eu achava que era a única, meu Deus!". É não precisar dizer nada.

É ser a surpresa da festa, construir bauzinhos, comprar sapatos bonitos que meninos nem sabem comprar, escrever em blogs secretos, cortar exatamente três dedinhos do seu cabelo que nunca foi tão comprido.

É ter a "lua em gêmeos", querer ir na Pampulha só por causa de uma carta e uma aposta,  olhar as vitrines do Rio Sul,  chamar Sil de Su, André de Tiago, Wil de David e ser atendida.

É achar que o próprio aniversário mudou de dia porque  os melhores convidados vieram antes.

É ter ideias estapafúrdias e companhia pra executá-las.

É ir ao Cristo Redentor em pleno 31 de dezembro.

É sentar na calçada e deixar o vento bagunçar o cabelo.

É não ir com a cara e depois amar.

É sempre se sentir em casa.

É ter história: um passado que condena e o presente.

Amizade é sintonia.


P.S.: Sei que o dia do amigo é 20, mas eu quis me adiantar.

3 comentários:

Luciana Nepomuceno disse...

Se adiantar e dar uma inveja danada nos outros que não são..me adota?

Luciana Matos disse...

O que seria de nós sem eles? Aqueles para os quais a gente não tem medo de parecer quem exatamente a gente é!

Beijo lindinha!

Felipe Fagundes disse...

Putz! Sendo assim não tenho amigos. Não sei o telefone de ninguém #OdeioTelefone