quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Nada surpreendente

Tenho que citar hoje um livro que ninguém esperaria que estivesse na minha lista de favoritos. Pra variar, lá vem esse meme dificultar a vida de quem decide respondê-lo. Olha, eu não tenho a MENOR ideia do livro que eu poderia colocar aqui pra surpreender vocês. Primeiro,  porque não há como saber que tipo de imagem fazem de mim. Segundo, porque nem eu sei que tipo de livro não me interessaria. Sei lá,  acho que encaro qualquer coisa razoavelmente legal e bem-escrita.

Tô enrolando, né? Tô ganhando tempo pra ver se consigo descobrir algum livro que se encaixe na categoria daquele que fará os leitores do blog caírem pra trás. É, não há! O único que  mais salta aos olhos aqui na minha estante é o Tabu do Corpo, de José Luís Rodrigues.






 Não tem nada  de espantoso nesse título, mas considerando que é a dissertação de um especialista em antropologia social, pode ser que não se espere que uma pessoa que fez Letras tenha interesse por ele
(apesar de  já ter visto O Tabu em algumas bibliografias de teses sobre literatura). Comprei - e devorei - esse exemplar numa época em que vivia conversando com uma amiga que será terapeuta corporal. Ela ficava me contando as coisas interessantes que aprendia nas aulas de antropologia do corpo, e eu babando. Pelo que entendi, o livro é um item basilar pras mais diversas áreas de estudo sobre o corpo. Eu , como leiga, gostei muito, especialmente do capítulo que trata das  intervenções e posturas que as mais diversas culturas têm em relação ao corpo morto. Recomendo.


em tempo: só nãos estou levemente arrependida de ter entrado nesse meme porque , graças a ele,  entrei no Reader hoje de tarde e dei de cara com a minha cara no blog da Jussara. Um luxo, uma honra, ganhei a semana! Quando eu crescer, quero ler tantos livros quanto a Ju e escrever tão bem sobre eles. Todo mundo conhece o Palavras Vagabundas, certo?

Um comentário:

Palavras Vagabundas disse...

hahahaha
Gostei da resenha do livro, não conhecia e me interessei!
E tenho muitos elogios para você lá em casa!
bjs
Jussara