segunda-feira, 12 de setembro de 2011

O mais triste

Serei   óbvia porque não me lembro de nenhum outro no momento:



Update:  Putz, acabei de me lembrar de Vidas Secas.

Update2: Acabei de lembrar de outro: Infância, também do Graciliano.

3 comentários:

Cíntia Mara disse...

Nem achei Vidas Secas tão triste assim.

Tina Lopes disse...

Nunca li Anne Frank.

Luciana Nepomuceno disse...

São duas doloridas lembranças. Sempre marejo os olhos só de lembrar da Baleia. E quer mais tristeza do que tudo que nunca foi pra Anne? gostei tanto...