sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Tudo verdade

Mais meme:

A tarefa do dia é indicar o livro não ficcional de que mais gosto. Olha, mais uma vez, não sei o que responder. O primeiro livro que veio à mente foi um pequenininho cujo nome não me lembro, lido enquanto minha amiga procurava um exemplar de Flicts ( Conhecem? Do Ziraldo. Liiiiindo! Tem que ser lido) num estande de refugos da Bienal.  O livrinho tem umas 50 páginas e é direcionado para psicólogos. Várias das situações que um analista pode enfrentar  num consultório são tratadas de um modo muito divertido. Fui lendo e tentando identificar se já fui a paciente que  passa a sessão olhando pro teto ou aquela que leva presente pra analista.Eu devia ter guardado o nome, poxa! 

Um outro que me ocorreu foi o Mal - estar na Civilização. Não que eu tenha lido cem vezes e que esteja na cabeceira da minha cama. Não tem nada de meu favorito. É que , na época em que li, tinha uns pesadelos muito bizarros com os capítulos; num deles, o Freud vinha me visitar em casa e eu tinha medo de que ele escrevesse um livro sobre mim.  Eu não queria ser uma Ana O. da vida. O livro me deixava muito angustiada e é a única não ficção na minha estante. Opa, tem a biografia do Saramago também, mas não gostei dela,não.


Acho que o livro desse tipo que mais me tocou foi mesmo O Diário da Anne Frank, mas esse não vale porque já citei em algum outro dia do meme.

3 comentários:

Luciana Nepomuceno disse...

Adoro seus posts sobre livros, este jeito objetivo e despachado de dizer belezas como se fosssem simplicidades. Também gosto do Diário (você leu "O Outro Lado do Diário"? literariamente não é tão bom, mas é bom como complementação das nuances da história)

Felipe Fagundes disse...

Fiquei com vontade de fazer esse meme também, mas a cada dia que passa vou desistindo. Tem algumas categorias que eu não faço ideia do que iria colocar, tipo essa. Acho que não leio muita coisa (aka nada) que seja baseado em fatos reais. Biografias então... Ah, mentira, já li a pseudo biografia da Aline Barros, que pra mim tem mais cara de auto-ajuda --'

Rita disse...

Você não faz ideia do tanto que amo Flicts. Não faz.

Bj
Rit