segunda-feira, 3 de outubro de 2011

O livro que alguém leu pra mim

Ninguém nunca leu pra mim, nem quando eu era criança.  E um dos maiores medo que tenho é que, algum dia, seja necessário. Morro de medo de ficar cega. Não gosto nem de falar. Imagina o que é ler  sozinha a  vida toda e não poder mais.  Desses medos gigantes e irracionais.Eu tenho mais medo ainda porque sei que não teria a menor fibra  pra aprender braille, pra me reinventar.

É isso,  nunca leram pra mim, até agora. Se alguém quiser... =)


2 comentários:

Felipe Fagundes disse...

Um dos meus medos gigantes é ficar mudo ou com a voz rouca pra sempre. Não consigo viver sem cantar!

Acho que ninguém nunca leu pra mim também...

Lia disse...

Nossa vc me fez pensar.... tbm nunca ninguém leu pra mim! =/