quinta-feira, 27 de outubro de 2011


Você me estendia a mão, e eu percorria com o indicador cada uma das linhas da palma; linhas tão diferentes das minhas: longas, vermelhas, vincadas. Eu olhava sua palma e sabia que a mão era sua, reconhecia os pelos dos seus braços. Mais que isso: tocava aquele pedaço da sua pele como quem conquista territórios.

Há anos, em noites espaçadas, você está nos meus sonhos. Já tocou no meu cabelo e sorriu, já foi embora num trem, já morreu e me fez acordar chorando. Os sonhos dos quais você faz parte são sempre vívidos. Neles, sei da sua presença porque ela tem cheiro e textura – é uma presença tão forte que me confunde depois que acordo. Será que sonhei ou estou lembrando?

É sempre sonho. Das lembranças suas que trago comigo, nenhuma corresponde à mão que você me estendeu. A bem da verdade, mal trago lembranças. Você simplesmente se infiltra no meu cérebro, e eu me vejo obrigada a reinventar os símbolos e sinais que te cercam para que seja sempre um prazer reencontrá-lo.  Até breve.

4 comentários:

Anônimo disse...

Três dias atrás vc disse: "O amor [...]não vai estender a mão quando você passar distraído. Não, o amor não virá."
Hj vc escreveu: "Eu olhava sua palma e sabia que a mão era sua, reconhecia os pelos dos seus braços. Mais que isso: tocava aquele pedaço da sua pele como quem conquista territórios."
Definitivamente, acho você está apaixonada. Somente a intensidade adolescente de uma paixão para fazer com que alguém escreva na mesma semana coisas tão contraditórias!

Juliana disse...

ai, pelamordedeus, não deixem xomentários anônimos! kkkkkkk MORRO de curiosidade.

Dizer que não estou apaixonada não vai adiantar nada depois de um comentário tão bem fundamentado, né? =)

Luciana Matos disse...

Eita que assim eu me "arripio" toda mulher!

beijões!

disse...

Que bonito. Adorei.

...

Desculpa, incomodar-te, mas estou ajudando minha amiga a divulgar o trabalho dela, se você puder colaborar divulgando no seu facebook, blog ou se souber de alguém que possa indicar ou quem sabe, se você mesmo estiver interessado, que entre em contato!

Desde já, agradeço mais uma vez a ajuda e o carinho.

O nome dela é Nathália Faria.

Ela é do Rio de Janeiro.

Seu e-mail é: nathalia.faria@gmail.com

Seu facebook é: http://www.facebook.com/profile.php?id=100002691968676

Ela trabalha com planos de saúde e num estúdio localizado em Botafogo (gravações de música/CD e também aulas de música - violão, guitarra, percussão, baixo, teclado, cavaquinho, bandolim, bateria e sopro).

Beijos