terça-feira, 13 de março de 2012

Matando saudade

Se sentir burra não é legal. Óbvio. Mas há pelo menos uma situação em que se sentir burra é maravilhoso. Sabe aquele momento  em que aquele professor que sabe de tudo e  leu de tudo fala de coisas que você só tem  um vaga ideia? E ele fala com uma trivialidade que esmaga as poucas coisas que você acha que sabe. Aí você é obrigada a pensar um cadinho,tem que  fazer umas associações, tem que chegar em casa e procurar um livrinho que você leu há muito tempo.

E o melhor: mesmo depois de ter lido o livrinho, de  ter feito uma associaçãozinha, você ainda é burra, muito burra. Você sabe menos ainda do que imaginava. Agora você só tem um monte de perguntas que parecem bem idiotas. Ai, meu Deus, eu não sei nada. É muito divertido não saber nada! É muito divertido fazer perguntas! Eu tava com muitas saudades disso. 

Que saudade de ser aluna!



2 comentários:

Luana disse...

Eu particularmente gosto da parte do "ahhhhhhhh" mental, quando depois de ficar no vácuo, naquele abismo onde as palavras não fazem o menor sentido (no meu caso sempre eram números, e equações) o professor solta uma, uma única palavra, que traz um pouquinho de entendimento... So um pouquinho, porque dai ele continua falando e você se perde de novo....hahhahhaa

Lia disse...

Que engraçado isso, saudade de ser aluna. As vezes eu esqueço que meus professores são ou já foram alunos tbm. Confesso, sempre tenho uma idealização deles... rs