domingo, 27 de maio de 2012

O livro que eu queria ter escrito


Não sou o publico-alvo. Não entendo nada de cinema nem de ser uma adolescente que fala inglês . Não tinha lido nada a respeito dele. Mas, assim que vi esse livro, dei uma folheada, passei os olhos nas ilustrações, li um trechinho aqui e acolá, eu soube que precisava tê-lo pra mim.

Agora que terminei, tenho uma certeza: eu queria ter escrito.

Cês deviam ler.

10 comentários:

Leninha disse...

Oi amiga!

Se é tão bom assim,vou tratar de ler...amanhã pedirei ao meu filho para trazer para mim.
Bjsssssss,
Leninha

Leninha disse...

http://leninha-sonhoseencantos.blogspot.com

Inaie disse...

vou procurar

Cíntia Ribeiro disse...

Até você, Ju? Eu vi alguns comentários na internet e estava meio desconfiada, mas vi na livraria, fiquei encantada e estou me segurando pra não comprar.

Felipe Fagundes disse...

Como assim não tinha lido nada a respeito dele? Em que mundo você está vivendo, mulher? :P
Por isso a gente acabou é o lançamento mais comentado do momento (no Twitter, pelo menos). Estou doido pra ler!

Felipe Fagundes disse...

PS: O que aconteceu com as flores vermelhas que você tanto amava? o.O

Aline Gomes disse...

Acabei de descobrir que é o mesmo autor de "Desaventuras em Série". OoOo
E acabei de descobrir que QUERO LER!!!!!

Juliana disse...

eu não tinha lido nada mesmo, felipe. pelo menos, no blogs que eu leio ninguém falou nada desse livro.

Cansei das tulipas!

Meninas, leiam!

Luciana Nepomuceno disse...

eu também devo ler?

Juliana disse...

ô, lu, é um livro juvenil. não sei se vc gosta desse filão.

Nós não somos o público desse livro, mas a coisa é tão bem escrita, tão delicada que eu me derreti. Eu queria ter a percepção que esse autor tem.