terça-feira, 9 de outubro de 2012

Eu, rejeitada

Tô num emprego novo, escolas novas, alunos novos. Mas no fim do ano letivo? Sim, no fim do ano letivo! Não perguntem. Antes de mim, havia uma outra professora: fofa, legal, colorida. Daí eu cheguei, sem aviso, sem preparações, e conheci a face adolescente da rejeição. Uma parte dos alunos começou a gritar o nome da antiga professora, a outra parte marchou pra direção a fim de obter mais explicações. Quando a coordenadora veio, eu já tinha convencido os que gritavam o nome da professora de que ela não os havia rejeitado, que eu não era uma terrível usurpadora, que burocracia faz parte da vida, acostumem-se. A palavra da coordenadora deu a acalmada final, e eu consegui trabalhar.

Eu entendo os alunos. Estive com a professora fofa, legal e colorida por uma horinha e tô aqui lamentando a falta de oportunidade de me tornar melhor amiga dela.  Além do mais,  a sala de aula  é resultado de uma rede afeto, afinidades e troca - pro bem e pro mal. Substituição de professor  parece com   a saída de um ator do seu seriado favorito. O cara vai embora fazer carreira no cinema, matam o personagem dele e os fãs levam um tempo fazendo campanha no site da emissora até que se acostumam.

( agora, vou dizer pra vocês: sou sensata, descoladinha e tal, mas não deixei de me sentir um cocozinho diante do olhar desconfiado daquele monte de adolescentes.)

4 comentários:

Cíntia Ribeiro disse...

Quando eu estava na segunda série, tinha uma professora fofa que todo mundo amava (ela até hoje conversa com a minha mãe na rua e pergunta por mim). Aí ela resolveu aposentar no meio do ano. Hoje, vendo você falar sobre isso, fico com pena da professora que tentou entrar em seu lugar. Pense... Éramos crianças de oito anos, perdendo a melhor professora que tivéramos até então. Quase todo mundo chorou. Uma corajosa foi à diretoria e a professora legal acabou voltando.

Anália disse...

Oi, Ju!

Daqui a pouco eles acostumam, é normal não gostar de mudanças inesperadas. E tudo bem que a antiga professora era fofa, vc tb é! Eu é que queria ter aula com vc! Bjs, Anália

Juliana disse...

eu não sou fofa, anália! kkkkk

Rita disse...

Ai, boa sorte!