sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Quer me deixar pu-tís-si -ma? Me diga que eu não posso/devo sentir o que eu tô sentido.

Gente que finge que sente o que não sente só porque não pode/deve sentir deveria ser infeliz sozinha.

( eu não sou muito dada a palavrões, mas "putíssima" é uma palavra ótima! Muito eufônica, eu acho!)

Nenhum comentário: