segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Cinco palavras...

... que preciso pensar antes de escrever:

1- Sovaco : ok, ninguém escreve sovaco, ninguém fala de sovaco, mas, nas poucas vezes em que precisei escrever sobre os meus sovacos ( quem nesse mundo tem axila?), tive de pensar umas três vezes. Primeiro,eu acho que é com U; depois eu acho que tá faltando algum Ç. Pois é, meu sovaco ideal seria assim ÇUVACO.

2- Independência : tantos N me confundem. É lógico que eu quero colocar um N depois do DE. Lógico. Essa necessidade de colocar um N a mais é um fenômeno linguístico cujo nome devia estar na ponta da minha língua mas não está.

3-Bandeja: como  assim não tem um ditonguinho ali penúltima sílaba. BAN- DEI-JA.

4-Pôr do sol: Não, não tem hífen. Acreditem em mim ou deem uma olhadinha no VOLP. Eu sempre acho que tem hífen, depois que não tem mais, aí acho que  tem novamente. E o acento, Jesus? Que acento chato!

5- Doce: Não, eu não acho que é DOSSE. Na verdade, a professora que me alfabetizou me ensinou assim: DÔCE. E o que a professora do pré ensina a gente não esquece, né? Só queria saber de onde essa professora tirou esse acento, meu deus.

***

A construção " Cinco palavras que preciso pensar antes de escrever" não é a mais bonita, mas me concedam uma licença poética.

10 comentários:

Cheshire cat disse...

Hahaha - tenho duas na minha lista: mexer (sério que é com x? Não me conformo) e cabeleireiro (sempre acho que esse primeiro i está se metendo onde não foi chamado).

Lilian disse...

ÇUVACO. aimeudeusmorri! HAHAHAHAHAH

Independência sempre me confunde também. E PRÓPRIO, que ouvi minha mãe falar PRÓPIO a vida toda e internalizei. Pra me convencer que tava errado, levou tempo...

Cíntia Ribeiro disse...

Licença, cansaço e açúcar. Tenho problemas com palavras com 'c' e 'ç' ou 's' e 'ç'. E sempre esqueço o acento do açúcar.

Inaie disse...

adorei~!! Adorei!! eu tenho a desculpa de morar no exterior há muito tempo, então á esqueci muita coisa. certo? certooo?

Felipe Fagundes disse...

Pra mim, acho que qualquer palavra que comece com "o" e tenha acento agudo, como "órgão", "órfã". Esse acento me intriga, sempre esqueço dele.

Outra, é que eu sei escrever "ressurreição" mas não me peça pra soletrar os verbos dessa família. Tem S e C demais.

Me peguei também com uma mania HORRÍVEL de escrever "chuveu". O nome da água que cai do céu deveria ser "chova", pra nunca ter problema --'

Juliana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aline Souza disse...

hahaha Adorei! Posso usar a mesma desculpa da Inaie? Tem hora que a forma correta de escrever foge da minha cabeça rsrs A mudança ortgráfica ter ocorrido quando já estava bem longe do Brasil, tbm não ajudou mto! Tento ler em português para compensar, mas sinto que minha qualidade de escrita caiu consideravelmente :(

Luana disse...

Eu tenho problema com sovaco tambem... pra mim tem um U ali...

E com Mexer... Igual a Cheshire Cat

jabuticaba pra mim tinha que ter um O!

Laís Doce disse...

Oi flor! Tem meme pra você lá no blog! bjs

Deise Luz disse...

O "n" depois do "de" de independência: sou igualzinha. Muitos anos de sofrimento com essa palavra.