quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Eu sei que só ando falando de morte por aqui. Tô monotemática. Me perdoem; me aguentem, se puderem. Vai passar.  Juro que se vocês pudessem estar o dia inteiro ao meu lado saberiam que eu falo de outras coisas,  só não sei que outros assuntos são esses. Os dias são tão corridos que sinto como se eu passasse pelos lugares e pelas pessoas sem realmente registrá-los. É novembro, e eu nem percebi.

***

Me falta um talento fundamental: traquejo. Todo dia, cada vez mais, percebo a falha na minha formação: em algum momento da vida, deixei de aprender ( ou deixaram de me ensinar) a medida certa na relações sociais. Oscilo entre excesso de cuidado e cuidado nenhum. Oscilo entre muita ternura e muita displicência. Às vezes, simplesmente não me importo - e não sinto culpa. Mas se me interessa, se me cativa, eu gosto muito, muito, muito. O engraçado é que anda cada vez mais difícil me importar. Não sei se sou eu, não sei se são as pessoas. Não sei se tem a ver com a idade e com o que não aprendi. Parece que ainda estou na quinta série - e estou mesmo, todos os dias na escola. Os adultos  nunca saem dos 11 anos, acho.  Tudo parece igual; a diferença é que os adolescentes costumam ser mais crus e mais honestos. Nós adultos gostamos do verniz.

Eu pensei que tivesse aprendido. Quase andei por aí exibindo meu traquejo adquirido como quem tira onda com um troféu. Adquiri traquejo coisa nenhuma. Ainda sou aquela mesma movida pelos afetos. Pior: hoje sou mais mimada. Tô acostumada a gostar e a ser gostada por inteiro. Acho estranhas as meias medidas, acho estranho ficar sempre na superfície. 

Acho estranho. Queria não achar, mas acho. Estranhíssimo.

2 comentários:

Iolanda Lopes disse...

" Viver é simplesmente a arte de conviver.
Simplesmente?!
Mas como é difícil!"
Mário Quintana

Um bom dia
http://feitocomcarinhodemae.blogspot.com

Luciana Nepomuceno disse...

Tô acostumada a ser amada - acho que achei a frase de pôr na minha lápide.

E, traquejo, assim como elegância e charme, não vieram no meu kit.