segunda-feira, 9 de junho de 2014

Lição

A resposta é bem simples: a pessoa simplesmente não se importa. Mas a gente quer saber, quer entender, quer perguntar se não sentiu falta.

Como pode viver sem a minha gentileza, minha prontidão, sem meus ouvidos disponíveis, sem minha flexibilidade, sem todas as minhas concessões? 

Como é isso de respirar sem mim?


Nenhum comentário: