segunda-feira, 2 de junho de 2014

Sobre todas as coisas

Estou sentada no chão da minha casa nova, que nem é tão nova assim, porque eu já conhecia antes. A casa em que moro agora é também a casa da minha amiga que foi morar longe. O tapete em que estou sentada é o tapete dela, assim como quase tudo aqui. Estou num processo de apropriação do espaço. Ainda não me meti na tarefa de guardar o que não quero usar, o que tem a ver com a minha amiga e não comigo. Quer dizer, comecei ajeitar sim. Arrumei o banheiro, trouxe pra cá o meu pente amarelo, troquei a chave do chuveiro pra " sempre quentinho". Também comprei lençóis macios pra cama,  um travesseiro confortável. Ainda faltam vir meus livros e meus dvds. Falta também trazer Emma. Pretendo encher a casa de fotos; só tá faltando a coragem pra procurar porta-retratos bonitos. Que preguiça de comprar porta-retratos, toalhas, panela, comida! Continuo me alimentando basicamente de iogurte, laranja, biscoito, comida da escola e comida do restaurante do lado da escola.

Ando bem cansada. Tudo me cansa. Pra chegar em casa, encaro uma ladeira e umas escadas. Minha escola tem 4 andares. Tem sempre trânsito. Os alunos demandam muita energia. Então, tudo que faço é entrar em casa, tomar banho, comer e deitar na minha cama com lençóis macios e dormir. Tem dias em que não durmo, não consigo me aquietar. Tem coisa demais acontecendo: viagem que não vai mais acontecer, viagem que quero que aconteça, mais uma melhor amiga indo morar longe, planos pra festinha de aniversário, gente reaparecendo e por aí vai.  Quero aquietar a cabeça pra dormir, mas não consigo, então  converso no whatsapp com André e Tiago, ouço música no youtube, vejo vídeos sobre a melhor forma de passar delineador.

A vontade de escrever no blog aparece quando estou no metrô, então tento usar o aplicativo do blogger, mas, de uns tempos pra cá, acho que tudo que escrevo está truncado. Tal qual na vida, quero dizer, mas adoraria que alguém lesse minha mente pra poupar energia.  Alguém aí tem poderes telepáticos?

***

Passei o dia cantando essa delícia tristinha. Significa?


        (Vienna- Billy Joel)



6 comentários:

Miriam disse...

Oi, Ju,

Não seio o que te dizer... quero apenas que saibas que li seu texto e que bem que eu queria ter poderes telepáticos, bem que eu queria...


Anália disse...

Que vc seja muito feliz na sua casa nova! Beijos, Anália

Tati disse...

Estou muito identificada com seus posts. O cansaço também tem me abatido muito, os momentos em que me sinto melhor normalmente não estou em casa, mas anseio pela hora que vou chegar em casa e fazer nada, só ficar jogada no sofá. Enfim, espero que passe...
Beijo e qualquer coisa estamos aqui!

Rita disse...

Boa sorte, flor.

Luciana Nepomuceno disse...

Te admiro, todas as vezes que fui transformando uma casa em minha foi via bagunça :P

Daniela disse...

É um post meio triste, mas achei tão lindo, tão lindo..