quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

"Todo mundo te conhece ao longe"

David foi a primeira pessoa a me dizer que tenho muito sorte. Eu nunca tinha reparado. Só fui prestar atenção depois que ele disse, mas nunca me acostumo com as surpresas boas que aparecem pra mim. Não quero me acostumar, porque surpresa feliz é bom, anima a gente.

Num mês em que pequenas chatices vão se avolumando, um raio caiu pela segunda vez no mesmo lugar: na minha cabeça. Lembram que em 2013 minha vizinha me deu fantasia pra desfilar na Mangueira horas antes do desfile? Pois bem, dessa vez, o presente veio na véspera. Passei pelo mesmo estresse de ser muito maior e mais gorda que a verdadeira dona da fantasia, mas dessa vez já estava escaldada.  A novidade desse ano ( tinha de haver uma novidade pra que a história não fosse a mesma) foi a chuva desabando sobre as nossas cabeças durante as duas horas de concentração e boa  parte 
do desfile. Fiquei ensopada, muito ensopada. A cabeça da fantasia parecia pesar uns 200 quilos. Precisei desviar das poças de água na avenida. Nunca imaginei que algum dia eu ficaria parada no meio da Presidente Vargas, enquanto raios cortavam o céu. Mas fiquei. E na hora em que anunciaram que finalmente era a vez da Mangueira desfilar, meu coração enlouqueceu como se eu jamais tivesse pisado no Sambódromo.  Não tenho nome pro que a gente sente nessa hora, não! Nem vou tentar explicar! Quem gosta de carnaval tem que experimentar!



Te desafio a tirar selfie bonita debaixo de chuva e com mil adereços na cabeça.

P.S.: claro que um longo banho de chuva teria um preço, né? Passei uma quarta-feira de cinzas ardendo em febre. Dormi quase o dia todo, mas acordei no momento certo pra me inconformar com aquele um décimo do Salgueiro e o amargo décimo lugar da Estação Primeira.

2 comentários:

Juju M. disse...

Está linda, molhadinha, verde e rosa! Adoro Carnaval, mas só desfilei até hoje na xepa das fantasias, o que pintou de última hora. Acho que de surpresa é mais gostoso!

Palavras Vagabundas disse...

Ju, tô tentando voltar ao meu blog, então comecei a visitar de quem eu gosto, rs
Adorei seu relato do carnaval. Sou mangueirense, mas não achei um desfile assim tão primoroso, mesmo a chuva tendo prejudicado um pouco.
bjs
Jussara