sábado, 4 de abril de 2015

Sobre nada, nadinha

Passei a semana sonhando com a minha vó e acordando todas as noites às 3h45. Minha mãe se esforça pra não se assustar com meus sonhos e com essa coisa do horário repetido. Ela mandou que eu contasse os sonhos pra analista. Acho que minha mãe credita muitos poderes à minha analista.

****
Nunca pensei que teria 30 anos e estaria esperando por novos episódios de Arquivo X. A porta do meu quarto é igual à da Mônica Geller, mas meu coração tem sido de Arquivo X desde 1998. David Duchovny foi o maior amor da minha adolescência, chorei quando descobri que meus guias de temporadas mofaram no armário. 

2015 e vão produzir 6 episódios inéditos. Morro de medo do que estar por vir. Me recuso até hoje a ver as  desnecessárias últimas temporadas, lamento aquele segunda filme péssimo, mas tô aqui que não me aguento. 

***
Recebi uma orientação equivocada de um veterinário e... poft! Tenho 5 gatos em casa. Não sei lidar com 5 gatos, é quase uma odisseia conseguir um lar pra 4 filhotes. 

Emma não faz barulho, usa a caixa de areia, deita na estante e parece um enfeite de porcelana. Os filhos dela não são nada disso. E eu sinto vontade de chorar quando eles se põem a miar ao mesmo tempo.

***

Comprei uns 6 livros, nenhum que prestasse. Quero um livro que me faça desejar que o trânsito pare. Vocês conhecem algum?

***
Vinicinho agora me manda áudios e fotos tortas no whatsapp. Uma dessas fotos  é do clube secreto. O clube secreto é uma caixinha azul, enfeitada com desenhos do Pequeno Príncipe, onde ele guarda o carrinhos. 

A mãe do Vinicinho foi chamada na escola porque ele não obedece.


Cês se lembram de quando eu escrevia posts sobre o bebê que não gostava de ficar no meu colo?

Tempo, tempo, tempo.

***

Meu cabelo cresceu ao ponto de perder o corte e cair na minha cara, mas continua tão curto que não chega ao ombro.

***
Fiz um óculos bonito, mas o grau tá errado. Dois médicos, graus diferentes. Um diz que agora sou míope, o outro diz que foi só o astigmatismo que aumentou.    Marquei consulta com o oftalmologista de sempre; na semana da consulta, o cara foi internado sem previsão de alta. Preciso de óculos, sempre precisei. Só preciso saber como devem ser as lentes.



***
Fiz um novo mapa astral e tô aqui esperando que seja tudo verdade de novo. Meu céu tá uma lindeza!
***
Nem sou da classe média, mas tô aqui rezando pro dólar baixar. Baixa dólar, baixa!

***
Às vezes, eu tenho vontade de escrever aqui, mas fico com a sensação de que não há nada pra falar. Blogs diarinhos nunca têm mesmo nada a dizer, mas eu tô me sentindo como se tivesse menos ainda. Aí eu não escrevo e sinto uma falta enorme de escrever sobre nada.

Um comentário:

livroseoutrasfelicidades disse...

Pode escrever sobre o nada. A gente gosta mesmo assim.