quinta-feira, 13 de outubro de 2016

As Gilmore e aquele povo todo


Peguei esse desenho fofo aqui.


Estou vendo Gilmore Girls. Quem não está?

Nasci no mesmo ano que a  Rory, vi 4 temporadas na época em que éramos jovenzinhas. Naquele tempo:

1) Rory me intimidava com tanta perfeição.
2) queria uma mãe como Lorelai.
3)achava Chris bonito demais pra ser um pai.
4) achava Luke sujinho, mas queria ele e Lorelai juntinhos.
5) queria um Dean pra mim.
6) odiava o Jess.
7) tinha muita pena da Lane.
8) não tinha a menor paciência com Paris.
9) queria morar em Stars Hollow.
10) odiava Emily e Richard.
11) achava Sookie linda
12) não conheci Logan.



Hoje tenho a mesma idade que a Lorelai na primeira temporada e só consigo pensar que...

1)  eu jamais poderia ser responsável por uma adolescente.
2)  o Luke podia jogar aquele casaco verde fora.
3)  Dean e Jess  não são bons nem ruins, são  apenas muito jovens.
4) o sorriso de Logan e a voz de Zach derretem meu coração.
5) Rory é mimadinha, Lorelai é tagarela e carente, mas eu seria amiga delas e não admito que falem mal.
6) Lorelai podia ter feito terapia e nos poupado um pouco,
7) Emily faz o que pode, do jeito que sabe, como todo nós. Aliás, Richard me irrita mais do que a Emily.
8) Lorelai tem razão de ter tanta mágoa.
9) Sookie  é linda.
10) Mrs. Kim é maravilhosa e Lane é corajosa.
11) thanks god por minha mãe ser muito diferente da Lorelai. Há muitos problemas naquela relação.
12) o figurino, a make e o cabelo de Lorelai são sofríveis.
13) Luke também poderia ter deitado um pouquinho divã. Seríamos todos mais felizes.
14) Chris poderia permanecer como o pai ausente de Rory. Nada contra o Chris, mas pra quê, né?
15) Lorelai poderia limpar mais aquela casa.
16) não aguento mais ouvir aquela música de abertura.
17) aquele tanto de junkie food me embrulha o estômago.
18)  não se deram ao trabalho de contratar adequadamente a atriz que interpreta Nicole. A gente nem consegue ter uma opinião ou sentir raiva dela. A mulher nem aparece.
19) a irmã e o cunhado do Luke  poderiam desaparecer.
20) 25/11 tá demorando muito pra chegar.

 Estou no episódio 5 da 6ª temporada. Sei de algumas coisinhas que vão acontecer em breve, sei  também que a 7ª temporada é meio vergonha alheia, mas não me contem nada, por favor.


17 comentários:

Carissa Vieira disse...

Adorei o post e concordo com muita coisa, outras discordo.
Mudei muito a minha forma de ver Gilmore Girls com o passar dos anos.

Sempre adorei a Rory, mas sempre achei que ela era mimada. Isso só ficou mais claro agora.

Acho a Lorelai tagarela e carente também, ams confesso que não acho isso um defeito. Acho triste ela ser carente, os motivos principalmente. Eu entendo as mágoas dela e apesar de achar que ela teria se poupado muito fazendo terapia, entendo e também teria o pote de mágoas que ela tem. De cada pessoa que ela tem.

Eu entendo a Emily, mas ainda acho um absurdo tudo o que ela faz. Sei que ela quer se aproximar da filha, mas meu conceito de maternidade é muito diferente, então não consigo entender mães como a Emily. Acho que ela se esforça muito pouco. Na verdade deseja que o mundo seja da maneira que ela enxerga como correta e não tenho muita disposição pra gente assim. Ainda assim, Richard me irrita mais.

Eu vivo uma situação bem parecida com Rory/Lorelai. Tem sua dose de problemas, como toda relação, mas de modo geral acho tão melhor do que a maioria de relacionamentos entre mãe e filha que vejo por aí. Acho a vida mais saudável do que tendo uma mãe feito Emily. Enfim, sempre vou defender esse tipo de relação, já que tenho uma e gosto dela. hahaha Obviamente é preciso ter cuidado pra que se saiba os limites. Mãe sempre é mãe. Em alguns momentos isso fica muito claro (pelo menos na minha vida ficou).

Tudo contra o Chris.

Juliana disse...

Como eu amo comentários enormes!!!! Obrigada por comentar.

Tbm não entendo mães como a Emily. Vc disse tudo: ela se esforça bem pouco. Vejo muita gente dizendo q acha ela maravilhosa. Não morro de amores, não, viu. Emília e Richard são muito manipuladores e isso me incomoda muito. Não perdoo o q Ricahrd faz com Jason.

Quanto ao Chris, não tem melhor definição do que a da Emily: fraco, mas encantador. Não tenho saco pro manezão q ele é.

Acho que o problema da relação Rory/ lorelai é a superproteção. Mas tô gostando de ver que na sexta temporada Lorelai se posiciona maravilhosamente.


lallorona disse...

meu deeeeus, concordei com tudo! que emoção quando a gente vê em palavras o que a gente sente hahahah
eu acho o Jess babaca, mas naquele jeito de quem é só muito juvenil, sabe? acho até que foi o que ficou mais bem resolvido de todos os moços da Rory. o Dean errou muito, coitado, especialmente tentando encontrar no casamento uma solução pro que ele sentia depois do fim com a Rory. o Logan... tem um sorriso encantador, é boa pessoa, mas na minha opinião vive muito na bolha da vida de privilégios dele. não é por mal, dá pra ver, mas acho que isso dificulta um pouco no relacionamento com a Rory.
minha maior surpresa foi ter a Emily como minha personagem favorita! eu não suportava os pais da Lorelai quando assisti mais nova, mas assistindo hoje eu entendi muito mais o lado deles e nossa, vi muito a minha própria mãe na Emily. vejo todos os defeitos das duas, mas consigo compreender exatamente como a mente delas funciona, vejo que a intenção é sempre boa (mas boas intenções não justificam certos erros, né? tem coisas que minha mãe fez com a melhor das intenções e mesmo assim não consigo perdoar) acho que o maior problema dos pais da Lorelai, assim como o dos meus, é não entender/aceitar que existem formas diferentes de viver que são igualmente válidas como a deles. sem isso, só é possível estreitar os laços familiares até certo ponto, infelizmente.
Chris é outro que é muito bem intencionado, mas só faz atrapalhar a vida das Gilmore. poderia ter se mantido fora da vida delas mesmo.
Sookie é linda, maravilhosa <3

Luana disse...

Minha serie preferida, com toda certeza!!!

Entao.. eu sempre achei a Rory mimadinha e cheia de frescurinhas que ela nao deveria ter... Emily e Richard, AMO!!!! Nunca ia querer essa gente perto de mim, mas sem eles a trama nao eh a mesma, ne?

Eu tambem mudei muito minha maneira de ver a serie com os anos.. eu acompanhei na epoca q passava, fiquei muito triste quando cancelaram.. dai revi tudo de novo, com outros olhos.

Eu sempre torci pro Dean... O menino de uma cidadezinha, que nao teria as mesmas condicoes de vida que a Rory - os avos dele nunca iam conseguir pagar Yale, ou Harward, nem a escola particular cara que ela fez.. Eu queria que ele tivesse ficado com ela, ou que fosse muito amigos e presntes, um na vida do outro... Porque quando Rory comecou a namorar o Logan, o playboyzinho da familia rica, eu fiquei com um pouco de raiva... Gente rica so namora gente rica, mesmo vivendo em Stars Hollow a Rory e a Lorelai nunca fizeram parte do 'povo'. Elas eram as modernas e riquinhas (de berco, e costumes) que poderiam sair dali...

virge... tanta coisa pra falar dessa serie! =D

Juliana disse...

Tem tanta coisa pra dizer, né?

Eu gosto do Dean. Espero que ele tenha ficado bem, tbm quero ele por perto.

Gosto de Logan, mas tem essa coisa de ser Playboy, mas achei ótimo que ser uma Gilmore não vale de nada pra família dele. Rory , até agora, é o Luke deles.

Marissa Rangel-Biddle disse...

Nesta epoca do ano por aqui, eu sempre vejo que eu moro numa Star Hollow. A decoracao das ruas e casas, o espirito de comunidade, os pequenos negocios ( lojas) que ainda resistem aos WalMarts, e tal.

Eu revi a serie toda com meu menino. Agora eu posso realmente situar o que eh entrar numa Ivy League americana tal qual Rori fez. E de como essa educacao eh cara aqui. Eu amo Emilly -- as falas, os terninhos Chanel. Acho confuso se Lorelai queria manter a crianca e se Emilly pensava que ela deveria abortar ( ja que o aborto aqui eh legal -- uma opcao -- nao iria chocar o espectador). Ela fugiu do que ela nao acreditava e vamos dizer -- limpou privada ateh conseguir financiar a propria pousada.Fugiu ateh de vender a pousada e ganhar muita grana com uma rede de hoteis. O dinheiro nunca dirigiu a vida dela. Eu entendo a frustracao da Emilly em que a filha nao correspondeu as expectativas. Lorelai porem mostrou a que veio e que a vida tem outros meios de dar certo.

Gosto de Jess pq gosto de bookworms. Gosto de a serie foi escrita por uma mulher ( em parceria com o marido, neh). Ta a Palladina la e as referencias aos anos 80 e pop culture e o falar rapido das personagens.

Lorelai tem a casa baguncada do ponto de vista brasuca. Aquela eh a casa tipica daqui e acho tao bom que so os muitos ricos --- muito ricos mesmo, to tipo que pode comprar um predio todo numa universidade ( igual Richard e Emilly) -- podem ter empregados domesticos. Sookie gorda e fashion! AMO! A Monica de Friends, quando gorda, era passivel de chacota. Sookie nao!

Milla disse...

"19) a irmã e o cunhado do Luke poderiam desaparecer."

Meu deus, sim! Mil vezes sim! Eu odeio eles, tudo o que os envolve e tenho vontade de desligar quando surgem. Não consigo acreditar em alguém (Luke) que aguente tamanha imbecilidade de uma pessoa, quem dirá duas!

Cheshire cat disse...

Eu já falei sobre como hoje não teria a menor paciência para Gilmore Girls por motivos de: de adulto fazendo merda pra aturar já basta eu mesma hahaha, mas não posso cuspir no prato que comi pois eu amava quando era mais nova.

- A Sookie é mesmo linda e empoderada e foda e é muito legal isso ter rolado numa época em que gordo na televisão só servia pra ser piada.

- Eu sempre gostei da Paris hahahaha, seria amiga dela tranquilamente.

Cíntia Mara disse...

O número 5 quase me define, com a diferença que eu não aceito que falem mal de ninguém (exceto o Dean, dele pode). Principalmente do Jess, que já foi motivo pra alguns unfollow e mute no Twitter, porque ninguém chama minhas pessoas horríveis favoritas de babaca sem perder todos os pontos comigo.

Também não vejo a hora de chegar 25 de novembro e estou planejando muitas horas extras nas semanas anteriores pra poder marcar todos os médicos que eu preciso no mesmo dia e não ir trabalhar sem peso na consciência, hahahah.

Juliana disse...

Cíntia sempre intensa nas suas paixões! Hahahaha

Eu acho q o netflix vai dar pau no dia 25. Hahaha

Luciana Nepomuceno disse...

quando você fizer 40, vê de novo ;)


Juliana disse...

Pq?

Luciana Nepomuceno disse...

muitas pessoas relataram mudanças de perspectiva em relação aos personagens ao rever depois de anos (como você). como acredito que isso não é um processo apenas cronológico, mas relativo à experiências, suponho que daqui a 10 anos com vivências diversas a relação com alguns personagens pode mudar... (ou não, eu vi na época, revi agora e basicamente continuei com meus mesmos afetos)

Juliana disse...

Mari, na primeira vez, eu estranhava tanto a sookie. Como podia ser bonita, interessante, bem amada e gorda?!

A trajetória da Lorelai é a coisa mais linda, Lorelai é maravilhosa. Tenho visto o pessoal só falando que ela é chata e carente.Gente! O modo como ela inventou uma vida boa pra si e pra filha, as escolhas que fez apesar dos valores da família...

Eu não tenho moral nenhuma pra falar de casa bagunçada, mas fico aflitinha com a casa da lorelai. Certamente, herança da minha criação.Hahahaha
Eu moro num apartamento relativamente grande, que dá um trabalho danado pra arrumar e por isso mesmo nunca é "devidamente" arrumado. As pessoas me dizem pra ter faxineira e eu sempre respondo que eu não poderia pagar um valor que fosse justo diante do trabalho q a pessoa teria.
Tô aprendendo a não sentir culpa pela "bagunça" da casa.

Que bom deve ser morar numa stars hollow. Eu me ressinto tanto de como não sei nome de vizinho, ninguém me conhece nesse bairro. Senso de comunidade e cooperação é uma coisa tão boa.

Eu gosto dos 3 namorados da Rory. Nada contra nenhum deles. No momento, não tô gostando é do namorado da Lane. Zack é bem babaquinha.

Juliana disse...

Se tem alguém que odeio nessa série é a irmã do Luke e aquele marido. Luke é muito idiota de dar tanta trela pra eles.

Juliana disse...

Eu passo o tempo todo com raiva de alguém. É muita gente fazendo merda. Hahahaha
No momento, estou com raiva incontrolável do Luke.

Kari disse...

Nossa, concordo absurdamente com sua lista. Acho que minha maior transformação em relação a Gilmore Girls ao longo dos anos foi exatamente começar a assisti-lo. Nunca consegui me identificar com a Rory e, sendo mais ou menos da idade dela, acabava não me interessando em acompanhar a história. Hoje em dia, mais ou menos com a idade da Lorelai, o seriado se tornou bem mais relacionável <3. Consigo sentir a barra que Lorelai passou, entender suas frustrações, suas mágoas e ainda ignorar os draminhas da Rory (mimadinha, exatamente como vc disse). Estou no finzinho da primeira temporada, meta até o final do ano é terminar tudo para ver os novos episódios.